Brasil

Família se inspira em ‘Meme do Caixão’ para enterrar idoso

Inspirados no ‘meme do caixão’, família de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, realizou o cortejo de um parente de forma divertida. O meme ficou famoso nas redes sociais por causa de um vídeo, em que homens dançam enquanto carregam um caixão durante um enterro. Em explicação sobre o vídeo, a BBC […]

Dândara Genelhú Publicado em 08/08/2020, às 14h22

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução. - Foto: Reprodução.

Inspirados no ‘meme do caixão’, família de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, realizou o cortejo de um parente de forma divertida. O meme ficou famoso nas redes sociais por causa de um vídeo, em que homens dançam enquanto carregam um caixão durante um enterro.

Em explicação sobre o vídeo, a BBC afirmou que esses funerais com danças mais “felizes”, geralmente são dedicados às pessoas mais velhas. Pois viveram por bastante tempo e puderam aproveitar as coisas boas da vida.

Assim, a família do Milton Dias Martins, de 69 anos, se inspirou e adotou música e passinhos enquanto carregavam o caixão do falecido. Milton morreu vítima de cirrose hepática e foi enterrado no Cemitério de Maruí, em Niterói. O enterro aconteceu em 1º de agosto.

O vídeo do enterro animado acabou sendo espalhado pela internet. Um dos filhos do falecido, Lila Luciene, comentou sobre o vídeo nas redes sociais. De acordo com ela, aquela foi a forma que a família encontrou de demonstrar o afeto que tinham por Milton.

Por fim, ela revelou que o próprio Milton desejava certa animação no enterro. “Foi difícil, mas tivemos que engolir o choro e fazer uma festa para ele do jeito que ele pediu. Foi a única forma dele sentir pela última vez nosso amor e respeito por ele!”, escreveu Lila.

View this post on Instagram

Uma família de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, se inspirou no famoso "Meme do caixão" para realizar o cortejo de um parente. O meme, no qual homens dançam enquanto carregam um caixão durante um enterro, se tornou viral no mundo todo durante a quarentena do novo coronavírus. A família do seu Milton Dias Martins, de 69 anos, que morreu vítima de cirrose hepática, utilizou a mesma música e fez vários passinhos enquanto carregavam seu corpo para enterrá-lo no Cemitério de Maruí, no bairro Barreto, em Niterói, no último sábado, dia 1. As imagens viralizaram na internet. Um dos filhos de seu Milton, Rodrigo Lopes, compartilhou o vídeo gravado, no dia do enterro, em suas redes sociais. Todos aparecem animados, sorridentes e realizando o último pedido do patriarca da família, que faleceu no dia 31 de julho. A irmã de Rodrigo, Lila Luciene comentou a postagem do irmão e explicou que foi a forma encontrada pela família de demonstrar todo o afeto que sentiam pelo seu Milton. "Foi difícil, mas tivemos que engolir o choro e fazer uma festa para ele do jeito que ele pediu. Foi a única forma dele sentir pela última vez nosso amor e respeito por ele!", escreveu Lila. #JornalExtra

A post shared by Jornal Extra (@jornalextra) on

Jornal Midiamax