Brasil

PM que reagiu e matou assaltante no dia das mães é eleita deputada federal em SP

 A cabo da PM (Polícia Militar) de São Paulo, Kátia Sastre, de 42 anos, foi eleita para o cargo de deputada federal por São Paulo, a policial conquistou 264 mil votos e foi a sétima candidata mais votada do estado. Kátia ficou conhecida em maio deste ano. Ela atirou em um assaltante que tentava roubar […]

Tábata Rauschkolb Publicado em 08/10/2018, às 15h10 - Atualizado às 17h43

Momento em que a policial reage ao assalto (Imagem:Reprodução/YouTube)
Momento em que a policial reage ao assalto (Imagem:Reprodução/YouTube) - Momento em que a policial reage ao assalto (Imagem:Reprodução/YouTube)

A cabo da PM (Polícia Militar) de São Paulo, Kátia Sastre, de 42 anos, foi eleita para o cargo de deputada federal por São Paulo, a policial conquistou 264 mil votos e foi a sétima candidata mais votada do estado.

Kátia ficou conhecida em maio deste ano. Ela atirou em um assaltante que tentava roubar pessoas em frente uma escola infantil na capital paulista.

A ação da policial foi gravada por câmeras de segurança que flagraram o momento da abordagem, ela estava em frente a escola onde sua filha de sete anos estuda, à paisana, quando percebeu o assalto reagiu. A PM atirou contra Elivelton Neves Moreira, de 21 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso ganhou grande repercussão nacional, na época, Kátia chegou a receber uma homenagem do então governador de São Paulo, Márcio França (PSB).

Jornal Midiamax