Brasil

Equipes de presidenciáveis se reúnem com diretor da PF neste sábado

As equipes de campanhas dos presidenciáveis vão se reunir em Brasília com Rogério Galloro, diretor-geral da Polícia Federal neste sábado (08), às 16h, na sede da Polícia Federal. A reunião servirá para discutir e definir reforços na segurança dos candidatos, após pedido de presidente Michel Temer ao ministro de Segurança Pública, Rasul Jungmann, sobre a […]

Egina Becker Publicado em 07/09/2018, às 14h19 - Atualizado às 14h20

Diretor da PF, Rogério Galloro
Diretor da PF, Rogério Galloro - Diretor da PF, Rogério Galloro

As equipes de campanhas dos presidenciáveis vão se reunir em Brasília com Rogério Galloro, diretor-geral da Polícia Federal neste sábado (08), às 16h, na sede da Polícia Federal.

A reunião servirá para discutir e definir reforços na segurança dos candidatos, após pedido de presidente Michel Temer ao ministro de Segurança Pública, Rasul Jungmann, sobre a atuação da Polícia Federal durante a campanha.

Os candidatos à Presidência têm a disposição equipes de agentes federais integrados à equipe de segurança da campanha. Depois do atentado sofrido por Jair Bolsonaro (PSL) na última quinta-feira (06), a expectativa é que seja oferecido maior contingente de policiais para a realização de reforço na segurança dos candidatos.

 Detido

Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi detido logo após o ataque. Com relação as investigações, Temer pediu maior empenho. Adelio foi transferido para um centro de detenção provisória nesta sexta-feira (07) e será ouvido por um juiz federal.

Outro suspeito prestou depoimento à Polícia Federal, mas foi liberado. Ainda não foi divulgado se houve a participação de outras pessoas e as investigações estão sob sigilo.

Jornal Midiamax