Brasil

Alexandre Frota critica programa de Fátima Bernardes e diz que racismo é “vitimismo”

O deputado federal eleito pelo PSL, Alexandre Frota, gravou na sexta (02) um vídeo em que critica o programa ‘Encontro’. Ele afirmou que “racismo é vitimismo no presente”. No programa de sexta-feira, Fátima comentou com seus convidados sobre o caso da mãe que ‘fantasiou’ o filho de escravo para o Halloween. E falou sobre racismo […]

Raira Rembi Publicado em 04/11/2018, às 11h13 - Atualizado em 05/11/2018, às 10h43

Alexandre Frota | Foto: Reprodução
Alexandre Frota | Foto: Reprodução - Alexandre Frota | Foto: Reprodução

O deputado federal eleito pelo PSL, Alexandre Frota, gravou na sexta (02) um vídeo em que critica o programa ‘Encontro’. Ele afirmou que “racismo é vitimismo no presente”.

No programa de sexta-feira, Fátima comentou com seus convidados sobre o caso da mãe que ‘fantasiou’ o filho de escravo para o Halloween. E falou sobre racismo e formas de combater o crime.

A programação incomodou Alexandre Frota que, em seu Twitter, criticou não só o programa, como os globais que, segundo ele, não fazem parte dessa realidade.

“Mais uma vez a discussão sobre o racismo, a escravidão essas coisas todas. Sendo que os que estão na Globo andam todos de carro, comem em bons restaurantes, trabalham. Fazem tudo com uma liberdade absurda assim como a minha eu não consigo entender porque ficam batendo nessa tecla”, publicou o deputado eleito.

O deputado também criticou o cantor Marcelo D2, que fez um post falando sobre o amigo de Jair Bolsonaro (PSL), que é negro. Na legenda, Frota diz que a comoção sobre o passado e esse ‘vitimismo’ no presente está ‘chata’.

As estáticas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística) mostram o contrário do que o deputado eleito pelo PSL diz. Segundo levantamento feito, a democracia racial ainda está muito longe de ser uma realidade. Em média, brancos têm os maiores salários, sofrem menos com desemprego e são maioria nos ensinos superiores.

Jornal Midiamax