Brasil

Juiz Moro pediu desculpas a Bolsonaro após ignorar deputado em aeroporto

Informação é da Gazeta do Povo, de Curitiba

Joaquim Padilha Publicado em 10/05/2017, às 12h25

None
moro_e_bolsonaro.jpg

Informação é da Gazeta do Povo, de Curitiba

O episódio que viralizou nas redes sociais, em que o deputado Jair Bolsonaro bateu continência para o juiz Sergio Moro no aeroporto de Brasília e foi ignorado pelo jurista, terminou com um pedido de descupas ao parlamentar, um mês após o ocorrido.

O encontro ocorreu no dia 30 de março. De acordo com o jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, onde trabalha Sergio Moro, o juiz ligou poucos dias após o episódio para Bolsonaro e pediu desculpas pelo “vácuo” ao deputado.

O parlamentar se encontrava participando de um evento em Paranaíba, no Piauí. Ele confirmou que recebeu a ligação de Moro, que segundo ele durou dez minutos, sem dar muitos detalhes do que conversaram os dois.

“De fato, contatei o senhor deputado a fim de esclarecer, em vista da repercussão do episódio no aeroporto, que não era minha intenção ofendê-lo ou que o ocorrido fosse explorado politicamente. Somente isso”, afirmou Moro à Gazeta, por meio da assessoria de imprensa da Justiça Federal do Paraná.

Você pode ver o VÍDEO em que o deputado é esnobado pelo juiz Moro na nossa reportagem, clicando aqui.

(com supervisão de Evelin Cáceres)

Jornal Midiamax