Após liminar de Gilmar Mendes, Eike a deixa Bangu e cumprirá prisão domiciliar

Empresário vai cumprir pena em casa
| 30/04/2017
- 21:48
Após liminar de Gilmar Mendes, Eike a deixa Bangu e cumprirá prisão domiciliar

Empresário vai cumprir pena em casa

Passava das 9h da manhã deste domingo (30), quando o empresário , que já ocupou o posto de homem mais rico do Brasil, deixou o penitenciaria de Bangu, no Rio de Janeiro, onde estava preso desde 30 de janeiro.

Eike, que enfrenta acusações de corrupção, no mesmo processo que levou para a cadeia o ex-governador carioca, Sérgio Cabral (PMDB), vai responder pelo crime em prisão domiciliar.

O empresário é acusado de pagar US$ 16,5 milhões em propinas a Cabral, para obter vantagens do então governo peemedebista, e por isso foi denunciado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Eike foi beneficiado com um habeas corpus concedido pelo ministro Gilmar Mendes na última sexta-feira (28).

Mendes considerou que os crimes cometidos por Eike não envolviam violência nem consistiam ameaça a outros. Ele foi preso durante a Operação Eficiência, um desdobramento no Rio de Janeiro da .

Cinco anos atrás, Eike, atualmente com 60 anos, tinha uma fortuna de mais de 30 bilhões de dólares e figurava entre os 10 homens mais ricos do mundo, de acordo com a Forbes.

Veja também

Bolsonaro dá exemplo da Presidente Dutra, onde medida já foi adotada

Últimas notícias