Brasil

Dilma vai fazer ‘vaquinha social’ para fretar aviões para viajar pelo Brasil

Temer chamou de 'esdrúxula' situação de antecessora

Ludyney Moura Publicado em 22/06/2016, às 12h47

None
dilma_em_bsb.sub-buzz-4091-1466538667-1.jpg

Temer chamou de 'esdrúxula' situação de antecessora

Pode até parecer piada, mas não é. A presidente afastada, Dilma Rousseff (PT), pode optar pelo chamado ‘crowdfunding’ (financiamento coletivo), uma maneira de arrecadar dinheiro pela internet para financiar campanhas, das mais diversas possíveis, desde filantropia a games.

De acordo com o BuzzFeedBrasil, Dilma e sua equipe planejam lançar mão desta ferramenta para conseguir recursos para viajar pelo Brasil, para participar de eventos que pedem sua permanência no comando do país.

Isso pode acontecer caso o pedido do ex-ministro José Eduardo Cardozo (PT) não seja aceito pelo STDilma vai fazer ‘vaquinha social’ para fretar aviões para viajar pelo BrasilF (Supremo Tribunal Federal). O petista solicitou que a Corte reveja a decisão do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), de proibir as viagens de Dilma em aviões da FAB (Força Aérea Brasileira).

O Partido dos Trabalhadores, um dos principais alvos da Operação Lava Jato, não está em uma situação financeira que possa bancar os deslocamentos de Dilma pelo país em aviões fretados. A legenda e a presidente também não explicaram porque ela não opta por vôos comerciais.

Na terça-feira (21), Temer usou sua conta no Twitter para explicar a situação de Dilma. “A sra presidente tem o Palácio do Alvorada, o Torto, tem avião para se locomover para o seu estado. (Ela) não está no exercício da Presidência, portanto não tem atividades de natureza governamental. E ademais disso, pelo que sei, a senhora presidente utiliza o avião, ou utilizaria, para fazer campanha denunciando o golpe. Uma situação um pouco esdrúxula, pelo menos estranha”.

Enquanto o peemedebista não mostra sinais de amenizar a situação de sua antecessora, a assessoria de Dilma ainda planeja como arrecadar dinheiro. Uma das possibilidades, segundo o BuzzFeed, seria a criação de um ‘Comitê contra o Golpe’, que utilizaria um movimento de ‘crowdfunding’ para financiar o traslado pelo país da petista.

Jornal Midiamax