Santos ‘joga para o gasto’ e elimina Maringá com gol no fim

O segundo tempo deu sequência aos eventos dos 45 minutos
| 14/05/2015
- 03:29
Santos ‘joga para o gasto’ e elimina Maringá com gol no fim

O segundo tempo deu sequência aos eventos dos 45 minutos

A vitória não era necessária, mas cairia bem para agradar os “gatos pingados” que compareceram à Vila Belmiro na noite desta quarta-feira para assistir ao jogo de volta do confronto entre Santos e Maringá pela segunda fase da Copa do Brasil. Com a vantagem da igualdade por ter empatado fora de casa por 2 a 2, o time da casa teve uma apresentação pouco inspirada, mas recompensou a torcida derrotando os paranaenses por 1 a 0 com um gol de Ricardo Oliveira nos acréscimos.

Dominante, o Santos não deu chances para o Maringá na primeira etapa, mas não foi capaz de tirar o zero do placar. De recisão acertada com o Milan, Robinho foi o destaque santista, se movimentando por todo ataque e amarelando a marcação adversária.

O segundo tempo deu sequência aos eventos dos 45 minutos anteriores. O time paulista controlou a partida, mas era pouco incisivo quando atacava. Robinho continuou como principal atleta dos anfitriões, chamando o jogo e sofrendo faltas ao driblar defensores adversários, que apelavam para faltas para contê-lo. Em uma delas, Eurico foi advertido pela segunda vez com o amarelo e acabou expulso.

O fato dos santistas terem um homem a mais em campo em nada mudou o jogo, que seguiu lento, sem que nenhuma das equipes criasse boas chances de gol. Como marcou duas vezes na partida no Paraná, o time treinado por Marcelo Fernandes não forçou muito, mas quando chegou perto da meta adversária, abusou da falta de pontaria e desperdiçou as poucas oportunidades de definir a classificação com uma vitória.

O confronto parecia se encaminhar para um final modorrento, com as duas equipes à espera do apito final. No entanto, nos acréscimos, Cicinho encontrou Ricardo Oliveira livre dentro da área com um lançamento longo e o camisa 9 não desperdiçou, marcando o gol da vitória.

Veja também

O Brasil tem 101.300.184 pessoas (47,2% da população) imunizadas com reforço ou a dose adicional...

Últimas notícias