Brasil

Nadal detona e pede que brasileiro não apite seus jogos: ‘Não aguento mais’

O entrevero teve início quando o Carlos Bernardes penalizou Nadal em duas oportunidades

Diego Alves Publicado em 22/02/2015, às 23h57

None

O entrevero teve início quando o Carlos Bernardes penalizou Nadal em duas oportunidades

Rafael Nadal não confirmou o favoritismo e acabou eliminado na semifinal do Aberto do Rio de Janeiro, no último sábado, quando perdeu para o italiano Fábio Fognini. O espanhol mostrou uma faceta desconhecida durante a partida e perdeu a cabeça com o árbitro Carlos Bernardes. Após o bate-boca, o tenista pedirá à organização que o brasileiro não apite mais seus duelos no circuito.

O entrevero teve início quando o Carlos Bernardes penalizou Nadal em duas oportunidades por perder muito tempo entre os saques. O espanhol tem uma série de rituais em cada ponto, o que gera controvérsia no mundo do tênis. E foi nesse momento que o tenista reclamou com o brasileiro.

“Vou pedir para que nunca mais apite um jogo meu. Não aguento mais você. Eu não tenho nada contra você, mas você, sem dúvida, é o que me mete mais pressão em todo o circuito. Veja os vídeos, você verá que não tem razão”, reclamou Rafael Nadal.

A derrota para Fognini foi significativa para o espanhol, que voltará à ação já na quarta-feira no ATP 250 de Buenos Aires (ARG). Com o revés no Rio de Janeiro, o espanhol deixará o Top 3 do ranking mundial na lista a ser divulgada nesta segunda-feira pela ATP. Será ultrapassado por Andy Murray.

Essa foi a primeira derrota de Nadal no Brasil. Ele já havia disputado 17 partidas e ganhado todas elas.  Além disso, havia faturado o Aberto do Brasil de 2005 e 2013 e o Aberto do Rio em 2014. Esse é o pior início de temporada do espanhol desde 2011. Ele amarga um jejum de títulos que já dura 8 meses.

Jornal Midiamax