Brasil

IBGE: 8,2 milhões estão desocupados no Brasil

Pesquisa usa a expressão "desocupado" para definir a pessoa que está tentando se inserir no mercado de trabalho

Gerciane Alves Publicado em 09/07/2015, às 19h54

None
desocupados.jpg

Pesquisa usa a expressão “desocupado” para definir a pessoa que está tentando se inserir no mercado de trabalho

Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informam que existem 8,2 milhões de pessoas desocupadas no País. O IBGE utiliza a expressão desocupado para definir a pessoa que está tentando se inserir no mercado de trabalho.

O levantamento, que abrange o trimestre encerrado em maio (março, abril e maio) deste ano, faz parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), feita em 3.464 municípios.

No trimestre anterior (dezembro, janeiro e fevereiro), o número de pessoas desocupadas era 7,4 milhões. Houve alta – entre um período e outro – de 10,2%. No confronto com o mesmo trimestre do ano passado, houve alta de 18,4%, o que significa aumento de 1,3 milhão de pessoas no universo de desocupados.

O número de pessoas ocupadas no trimestre encerrado em maio atingiu 92,1 milhões: não há variação estatisticamente significativa quando a pesquisa é comparada com o trimestre de dezembro a fevereiro de 2015 e também com o mesmo trimestre de 2014.

A pesquisa indica ainda que, por posição na ocupação, frente ao trimestre de dezembro a fevereiro de 2015, os empregados no setor público (inclusive servidor estatutário e militar) apresentaram recuo de 2,2% em seus rendimentos reais; o mesmo ocorreu com os trabalhadores por conta própria, que tiveram redução real de 3,5% em seus rendimentos.

Jornal Midiamax