Brasil

Etapa final da Fuvest 2015 começa neste domingo para 29 mil candidatos

Segunda fase começa com prova de português e redação.

Gerciane Alves Publicado em 04/01/2015, às 10h21

None

Segunda fase começa com prova de português e redação.

Começa neste domingo (4) a maratona de provas da segunda fase do vestibular da Fuvest 2015 para os 29.698 candidatos aprovados na primeira etapa. São 27.471 estudantes que disputam as 11.057 vagas na USP (Universidade de São Paulo) e 120 vagas na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa e mais 2.227 treineiros.

Os exames seguem até terça-feira (6). Os portões abrem às 12h30 e fecham às 13h. Os endereços para a realização das provas não serão, necessariamente, os mesmos da primeira fase.

No domingo, todos os candidatos deverão fazer uma prova com dez questões de português, com interpretação de textos, gramática e literatura, e mais uma redação. A prova de português vale 100 pontos, sendo 50 para as questões e 50 para a redação.

Na segunda-feira (5), será aplicada uma prova de 16 questões dissertativas de história, geografia, matemática, física, química, biologia e inglês. A prova vale 100 pontos.

O terceiro e último dia, na terça-feira (6), terá 12 questões dissertativas, mas o conteúdo varia de acordo com a carreira escolhida pelo candidato, e pode abordar entre duas e três disciplinas. Se forem duas disciplinas, serão seis questões de cada uma delas. Se forem três disciplinas, serão quatro questões de cada. Essa prova também vale 100 pontos.

Algumas carreiras têm provas de habilidades específicas, que valem 100 pontos. Elas serão realizadas a partir do dia 7 de janeiro.

A primeira chamada dos aprovados no vestibular será feita no dia 31 de janeiro. A matrícula online ocorrerá nos dias 3 e 4 de fevereiro para confirmar o interesse pela vaga, e a matrícula presencial será feita em 11 e 12 de fevereiro.

Notas de corte subiram

As notas de corte do vestibular da Fuvest cresceram em 82% dos cursos entre as edições de 2014 e 2015. No total, 111 carreiras da USP foram oferecidas pela Fuvest, incluindo as de treineiros de humanas, exatas e biológicas. Dessas 111 carreiras, 91 viram subir a nota mínima exigida para a convocação da segunda fase.

Jornal Midiamax