Le Blog Maria Antonia

O descarte inadequado de lixo eletrônico é alvo de preocupação

A ONU liberou uma pesquisa que vale uma reflexão urgente. “Imaginem que em 2016 geramos 44,7 milhões de toneladas métricas de resíduos eletrônicos. Celulares, televisores, pilhas, eletrônicos em geral… Desse lixo todo, apenas 20% foram reciclados, o restante foi descartado de forma errada, sem cuidado. Um lixo perigoso à saúde e ao planeta. “ É […]

Midiamax Publicado em 14/01/2018, às 11h51

None

A ONU liberou uma pesquisa que vale uma reflexão urgente. “Imaginem que em 2016 geramos 44,7 milhões de toneladas métricas de resíduos eletrônicos. Celulares, televisores, pilhas, eletrônicos em geral… Desse lixo todo, apenas 20% foram reciclados, o restante foi descartado de forma errada, sem cuidado. Um lixo perigoso à saúde e ao planeta. “

É uma triste realidade, as pessoas não pensam no futuro, desprezam por saberem que um dia não farão parte da vida terrena. Precisamos de mudanças de atitudes da população em geral e de leis que regem a fabricação e posteriormente os descartes de forma correta. Contribuindo assim para o nosso planeta que é tão valioso para todos nós.

  Foto:Reprodução/Instagram

Jornal Midiamax