Sem Categoria

Policiais Federais cobram reajuste e melhores condições de trabalho na região de fronteira

Reivindicações incluem questões salariais, ampliação de efetivo e melhoria de equipamentos

Publicado por
Marcos Morandi
Compartilhar

Agentes, delegados, peritos e administrativos se reuniram nesta quinta-feira (28) em frente à Delegacia de Polícia Federal de Dourados. O ato faz parte da manifestação nacional que a reestruturação da carreira de policial federal.

Em Dourados, a manifestação, que também contou com representantes da PRF (Polícia Rodoviária Federal), apresentou uma pauta de reivindicações que incluem questões salariais, ampliação de efetivo e melhoria de equipamentos, principalmente em relação às condições enfrentadas na fronteira.

“É importante deixar claro que nossa intenção não é pressionar e sim sensibilizar o para a necessidade de valorização da categoria que tem um papel de fundamental importância na segurança da sociedade e do país”, explicou o delegado Ricardo Viana, representante da ADPF (Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal).

No entendimento de Marcos Peixoto, que é representante dos agentes federais de Mato Grosso do Sul, a “principal reivindicação é que seja cumprida a promessa [feita] pelo presidente da República a respeito de estruturar as polícias da União e que inclui a Polícia Federal”.

“A Polícia Federal em MS tem um posicionamento estratégico uma vez que Estado é a principal porta de entrada de drogas do País e isso amplia ainda mais as nossas atribuições que precisam ser reconhecidas e incentivadas, principalmente por estarmos inseridos no contexto da fronteira”, comenta o agente.

O ato realizado em Dourados, segundo os manifestantes, tem o apoio do SINPF-MS (Sindicato dos Policiais Federais do Mato Grosso do Sul), da ADPF (Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal), da APCF (Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais), da Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), do SINPECPF (Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal) e da Fenadepol (Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal).

Jornal Midiamax

Esta notícia foi publicada em 28 de abril de 2022 11:50

Publicado por
Marcos Morandi