Último sul-coreano submetido a quarentena por coronavírus recebe alta

186 pessoas foram infectadas com SROM em hospitais de toda a Coreia do Sul e delas 36 morreram
| 27/07/2015
- 15:23
Último sul-coreano submetido a quarentena por coronavírus recebe alta

186 pessoas foram infectadas com SROM em hospitais de toda a Coreia do Sul e delas 36 morreram

As autoridades de saúde da Coreia do Sul anunciaram nesta segunda-feira (27) que já não há mais pessoas submetidas a quarentena para evitar a propagação do surto do novo coronavírus no país asiático, após a última delas ter recebido alta.

O último cidadão suspeito de sofrer da síndrome respiratória do Oriente Médio (SROM) foi tirado do regime de isolamento ao que foram submetidas cerca de 16.700 pessoas desde que foi detectado o vírus em meados de maio, informou o Ministério da Saúde de Seul.

O novo coronavírus, que durante todo junho gerou um forte alarme no país, é considerado já virtualmente extinto após não serem detectados casos adicionais em mais de três semanas.

Um total de 186 pessoas foram infectadas com SROM em hospitais de toda a Coreia do Sul e delas 36 morreram, enquanto 138 tiveram alta após se recuperar completamente.

As 12 restantes ainda permanecem submetidas a tratamento por diversas complicações relacionadas com a SROM, embora só em uma delas o vírus permaneça ativo, segundo o Ministério da Saúde.

Espera-se que o governo declare a extinção “de fato” da doença no país no começo de agosto, embora para anunciar oficialmente o fim do surto seja necessário que transcorram 28 dias sem novos casos desde que o último infectado tenha tido alta, segundo o estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

Veja também

Multivacinação estará disponível para crianças e adolescentes de até 14 anos de idade

Últimas notícias