Variedades / Saúde

Prefeitura planeja parceria com IFMS para promover cursos para agentes de saúde

Visando à formalização de convênio

Diego Alves Publicado em 06/11/2015, às 23h09

None
20151106173755.jpg

Visando à formalização de convênio

A Prefeitura de Campo Grande por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) realizou nesta sexta-feira (06) uma reunião de trabalho com representantes do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), visando à formalização de convênio para realização de cursos técnicos para os agentes de saúde. A reunião contou com a presença do titular da Sesau, Ivandro Fonseca e do Pró-Reitor de Pesquisa e Inovação Luiz Simão Staszczak, acompanhado de sua equipe pedagógica.

De acordo com o secretário Ivandro Fosenca, a Prefeitura de Campo Grande tem intenção de estabelecer convênios com o IFMS, com a finalidade de promover cursos para os servidores da Sesau, principalmente para os agentes comunitários de saúde. “Entre agentes comunitários e de endemias são mais de dois mil servidores que trabalham diretamente no atendimento à população da Capital. Estamos buscando meios para que os funcionários obtenham qualificação com apoio da Prefeitura. Não vamos medir esforços para conseguirmos que os funcionários estudem. Isto é muito importante para nós”, frisou.

Segundo o pró-reitor de Pesquisa e Inovação do IFMS, Luiz Simão Staszczak é possível firmar a parceria entre a Prefeitura e o Instituto Federal. “Temos que fazer um termo de cooperação financeira entre as partes. A Prefeitura define as salas, os equipamentos para transmissão das aulas que podem ser ao vivo ou ainda passada para os estudantes na forma gravada. Uma nova reunião será marcada com a equipe de trabalho da Sesau, na próxima semana. Posso adiantar que devemos definir as salas, a quantidade de estudantes que não pode ser menor que 30 e nem passar de 40. A partir dessas providencias, será definido o programa de funcionamento dos cursos e assinatura do convênio”, comentou.

O pró-reitor Luiz Simão disse que será preciso um processo seletivo para que os candidatos a técnico de agente comunitário participem do curso. “Metodologia pedagógica dos cursos do IFMS são de ótima qualidade, os estudantes poderão contar com a presença de um tutor, e todas as duvidas podem ser tiradas mesmo quando os cursos são à distância”, esclareceu.

A diretora de Assistência à Saúde da Sesau, Rosimeire Arias, reforçou que a Prefeitura não vai medir esforços para que os cursos sejam disponibilizados para os agentes de saúde. “Esta é uma antiga reivindicação dos serviços. Esta qualificação é muito boa para eles e também para o bom atendimento da população”, argumentou.

Participaram da reunião, a coordenadora de Atenção Básica à Saúde, Sônia Lemos e a coordenadoria dos Serviços de Gestão em Saúde da Família, Elivane Sandim.

Jornal Midiamax