Coréia do Sul considera “virtualmente” extinto surto de coronavírus

Doença que causou 35 mortes desde o final de maio
| 20/07/2015
- 15:55
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

Doença que causou 35 mortes desde o final de maio

O governo da Coreia do Sul declarou nesta segunda-feira (20) “virtualmente” extinto no país o surto do novo coronavírus, após 15 dias sem novos casos desta doença que causou 35 mortos desde o final de maio.

O Ministério das Relações Exteriores convocou as autoridades das embaixadas estrangeiras em Seul para comunicar-lhes que “o surto está virtualmente terminado e não existe risco algum de contrair o vírus” no país, disse à Agência Efe uma autoridade diplomática espanhola que foi à reunião.

“O governo quis transmitir tranquilidade à comunidade internacional, deixar claro que a segurança dentro e fora dos hospitais é total”, afirmou o diplomata.

A Chancelaria apontou no entanto que, para que se declare oficialmente extinto o surto de síndrome respiratória do Oriente Médio (SROM), devem passar 28 dias sem novos casos desde o momento em que a doença tenha desaparecido totalmente, segundo as normas da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Neste momento há 15 pessoas internadas por terem contraído o vírus e todas estão curadas exceto uma, informou o Ministério das Relações Exteriores.

 

Veja também

Multivacinação estará disponível para crianças e adolescentes de até 14 anos de idade

Últimas notícias