Variedades

Tinder só para pessoas feias existe no Brasil; saiba como funciona: 'uma humilhação'

The Ugly Bug Ball é disponível, mas principais funções são pagas: 'até pra interagir o feio tem que pagar'

João Ramos Publicado em 28/08/2021, às 12h51

Conheça a rede social para pessoas que se acham feias
Conheça a rede social para pessoas que se acham feias

Quem se considera feio e sem espaço nas plataformas de relacionamento mais usadas tem seu lugar garantido na The Ugly Bug Ball - que, em tradução literal, seria "o baile dos feios". 

Rotineiramente excluídos nas redes sociais convencionais, como Tinder e outras, as pessoas que se acham desprovidas de beleza podem encontrar novas amizades ou até relacionamentos sérios neste ambiente virutal.

Disponível em português brasileiro, a plataforma conta com várias opções de busca e filtragem para ajudar os usuários a descobrirem novos contatos, muito parecido com o que acontece no Tinder.

Criar perfil no site é muito fácil

Simples

Para usar o The Ugly Bug Ball, é preciso fazer um cadastro bem rápido, assim como em toda rede social, selecionar as preferências, falar um pouco de você, adicionar uma foto e, por fim, verificar o endereço de e-mail. Depois disso, é só começar a interagir, se você pagar por isso. 

Sim, o cadastro é gratuito, mas as principais funções, como ler mensagens e ver quem deu "match", são liberadas apenas para quem paga. O que, na internet, é considerado uma sacanagem. "Poxa, até pra interagir o feio tem que pagar. Os 'bonitos' não precisam pagar por essas opções nas outras redes", comentou um internauta. "Quer dizer que ainda cobram dos feios para deixarem eles interagir? Essa plataforma é uma humilhação", disse outro.

Há registros da existência do site, pelo menos, desde 2015. No entanto, a plataforma não parece ser tão difundida entre brasileiros, tanto que não existem resultados no Twitter para a busca "The Ugly Bug Ball Brasil".

Usuários podem interagir da forma que acharem melhor

Inclusão ou exclusão?

Visando a inclusão (ou a exclusão escrachada), o "The Ugly" pode proporcionar conforto e aceitação para quem acredita que não será "aprovado" em redes como o Tinder, onde o que importa é a beleza. No caso da "The Ugly Bug Ball", o que importa é a feiura. O problema é pagar para interagir.

O site Tech Tudo montou um manual de como usar a rede social, embora não haja necessidade, já que é simples e funciona como qualquer outra, de forma instintiva. Para acessar a "The Ugly Bug Ball" e conhecer o espaço, basta clicar aqui.

Jornal Midiamax