Variedades

6 curiosidades sobre observação de pássaros que você não sabia

Confira uma lista totalmente ecológica

Daiane Libero Publicado em 30/06/2016, às 12h07

None
524c6db57efa1d90932cb7b0b58d6ede0c06cd080d8e5_arara_azul_dgr_abertura.jpg

Confira uma lista totalmente ecológica

Já se foi o tempo em que era bacana colocar um pássaro em uma gaiola, o impedindo totalmente de voar e de habitar seu bioma de origem. A prática do "Birdwatching" (ou observação de pássaros, em tradução aproximada) vem crescendo constantemente no Brasil e também em Mato Grosso do Sul. Em Bonito, a 297 km de Campo Grande, existem grupos praticantes da atividade, que também é incluída em passeios, fomentando o turismo. 

A atividade consiste em observar, catalogar e registrar os diferentes tipos de aves em vários tipos de habitats e biomas naturais. Para quem tem curiosidade em descobrir mais sobre a observação de pássaros, que vem crescendo muito, preparamos uma lista com 6 curiosidades. Confira abaixo. 

1. Impulsiona o turismo todos os anos

O turismo têm incluído, desde 2001, o Birdwatching como uma atividade para quem quer visitar e se divertir na natureza. Isso tem feito com que grupos do mundo inteiro busquem novos biomas para conhecerem novos tipos de pássaros, fomentando muito a atividade e gerando renda para o turismo. 

Fauna de MS é ampla em aves belas / Foto: Secretaria de Turismo de MS

2. Em Bonito, existem vários grupos

Quem gostaria de começar a prática pode buscar alguns biomas interessantes. Em Bonito, onde a beleza natural é mundialmente reconhecida, existem grupos e passeios que se dedicam à observação de pássaros. O Recanto Ecológico do Rio da Prata é um dos locais que oferece a observação de pássaros como atividade turística.

3. É uma atividade totalmente silenciosa

Para não distrair os pássaros ou até mesmo assustá-los, o silêncio e a calma são características do Birdwatching. Quem pratica afirma que, além disso, é uma atividade muito relaxante. O silêncio dos praticantes permite ouvir melhor os sons da natureza e das aves. 

Foto por Instituto Mamede/Divulgação

4. Contribui para a conservação do meio ambiente

A observação de pássaros é uma das atividades mais ecológicas e 'eco-friendly' (amigas da natureza) que existem, pois se dedica a apenas olhar as aves sem efetivamente agredi-las, prendê-las ou qualquer tipo de atividade predatória. Isso colabora diretamente com a conservação da natureza. Também colabora para a educação ambiental e científica.

5. Observador deve ficar 'camuflado'

Se você for para um local de mata ou floresta, deve usar uma roupa de cores discreta ou camufladas com o ambiente para evitar que a ave se assuste e fuja. Use tons de verde para matas e tons mais claros para cerrados e campos. Existem muitos acessórios que podem incrementar seu hobby, desde os mais baratos como guias de campo, caderneta de anotações, roupas camufladas, até os mais caros como binóculos, câmeras fotográficas, tripés, lentes e caixas de som. Mas basta ter olhos para observar e ouvidos para escutar os cantos.

6. Existem mais de 1,8 mil espécies de pássaros para se observar

O Brasil é, segundo levantamento de 2010 do Centro Brasileiro de Estudos Ornitológicos, o país que abriga a segunda maior quantidade de aves catalogadas no mundo. São 1.832 espécies encontradas nos mais diferentes biomas e paisagens. E observá-las tem sido, cada vez mais, um grande atrativo para turistas do mundo inteiro.

Tucanos são comuns no Pantanal / Foto: Secretaria de Turismo de MS

Fale com o MAIS!

O que você gostaria de ler no MidiaMAIS? Envie um e-mail pra gente com a sua sugestão para [email protected].

Jornal Midiamax