Variedades

Cantor Marrone revela em missa de sétimo dia que ‘sentiu a presença’ de Cristiano Araújo

'Foi só um sonho. Ele foi mal interpretado', disse assessora do cantor

Gerciane Alves Publicado em 02/07/2015, às 18h37

None
marrone.jpg

‘Foi só um sonho. Ele foi mal interpretado’, disse assessora do cantor

O cantor Marrone revelou na missa de sétimo dia de Cristiano Araújo, que aconteceu nesta quarta-feira, 1º, que sentiu a presença do Sertanejo. Alguns dias antes da cerimônia, ele já havia revelado essa história em uma entrevista para TV e falou ainda que era um “pouco médium”.

Procurado, a assessoria de Marrone explicou que tudo não passou de um mal entendido.

“Foi só um sonho. Ele foi mal interpretado”, informou a assessoria de Marrone. Na missa, Marrone chegou a falar sobre o encontro: “Eu senti a presença de Cristiano. Sonhei que ele estava na minha cama, eu peguei ele e ele estava se tremendo todo”. A representante do cantor explicou ainda que os dois eram muito amigos, mas que Marrone não é médium. “Ele quis dizer que é sensitivo”.

O artista não quis falar com a equipe de reportagem.

Acidente fatal

Cristiano Araújo e a namorada, Allana Moraes, morreram em 24 de junho, em um acidente de carro na rodovia BR-153, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás. O motorista Ronaldo Miranda perdeu o controle do carro e capotou na estrada. Nem ele nem o empresário do cantor, Vitor Leonardo – que estava no banco da frente – sofreram lesões graves.

Em depoimento à Polícia Civil, ele admitiu que dirigia acima dos 110 km/h permitidos. Se for comprovada sua imprudência ao volante, ele poderá ser indiciado por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar) na direção de veículo automotor.

Segundo Ronaldo, ele perdeu o controle do carro depois que o pneu do carro estourou. As rodas do veículo não eram originais e uma perícia está sendo feita por policiais civis e técnicos da montadora Land Rover para verificar se isso pode ter influenciado no acidente.

Jornal Midiamax