Sem Categoria

VÍDEO: Três são presos enquanto vendiam corrente furtada e revólver é apreendido

Três homens foram presos e um revólver com quatro munições apreendido na madrugada desta quinta-feira (28) pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar. Eles são apontados como autores de diversos furtos e roubos a mão armada na Capital. No momento do flagrante, um deles estava negociando uma corrente de ouro furtada. Os policiais abordaram um […]

Danielle Errobidarte Publicado em 28/01/2021, às 19h15

Celulares, corrente, dinheiro em espécie e revólver foram apreendidos. (Foto: Divulgação/ BPMChoque)
Celulares, corrente, dinheiro em espécie e revólver foram apreendidos. (Foto: Divulgação/ BPMChoque) - Celulares, corrente, dinheiro em espécie e revólver foram apreendidos. (Foto: Divulgação/ BPMChoque)

Três homens foram presos e um revólver com quatro munições apreendido na madrugada desta quinta-feira (28) pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar. Eles são apontados como autores de diversos furtos e roubos a mão armada na Capital. No momento do flagrante, um deles estava negociando uma corrente de ouro furtada.

Os policiais abordaram um Chevrolet Celta no Jardim Seminário com dois homens. Um deles tentou fugir do local e, após ser contido, constatou-se que os dois estavam evadidos do Sistema Prisional.

O outro era apontado como autor de diversos roubo a veículos na Capital. No momento, ele estava negociando a venda de uma corrente de ouro, também roubada. Contudo, o comprador cancelou a compra quando avistou os policiais e saiu em um veículo escuro. A corrente foi localizada jogada ao chão, próximo ao local da negociação.

Na casa do suspeito, no Jardim Pacaembu, foi encontrado um revólver, utilizado nos crimes, e um pneu estepe, também furtado. O terceiro suspeito foi capturado próximo a um supermercado na Rua Brilhante, mas destruiu o aparelho celular antes de ser preso.

Câmeras de segurança de um dos comércios furtados registrou o momento em que um deles aponta a arma para um funcionário, que entrega a corrente.

Eles responderão por posse ilegal de arma de fogo, roubo com uso de arma, evasão e descumprimento de mandado de prisão. O trio foi encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

Jornal Midiamax