Sem Categoria

Vereadores aprovam homenagens a visitantes ilustres e desconto a clínicas renais

Ao todo 10 propostas foram votadas nesta quinta

Richelieu Pereira Publicado em 10/05/2018, às 12h57

Vereadores analisam projeto durante sessão. (Foto: Izaias Medeiros)
Vereadores analisam projeto durante sessão. (Foto: Izaias Medeiros) - Vereadores analisam projeto durante sessão. (Foto: Izaias Medeiros)

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram, na sessão desta quinta-feira (10/5), dez projetos de lei. Destes, quatro foram em regime de urgência e os seis restantes estavam na pauta de votação.

Dos que entraram de última hora, três são projetos que concedem título de visitantes ilustres da cidade. O vereador Otávio Trad (PTB) propôs a honraria ao correligionário deputado federal Nelson Marquezelli; enquanto Odilon de Oliveira (PDT) homenageou o procurador Anselmo Prieto Alvarez e Pastor Jeremias Flores (Avante) contemplou o Grão Mestre de Hapkido, Romildo José Lopes.

Ainda em urgência, foi aprovado projeto que concede desconto de 50% no pagamento referente ao consumo de água e esgoto para clínicas que oferecem serviço de “Terapia Renal Substitutiva” com sede na Capital

Segunda discussão e votação

Foram aprovados três Projetos de Lei em segundo turno de votação. O que dispõe sobre a criação do “Programa Servidor Público Recicla”, proposto pelo vereador Loester Nunes (MDB).

Também o que institui a criação da Campanha Dezembro Verde – Não ao Abandono de Animais, do vereador Lucas de Lima (SD).

E, ainda, o que institui o Dia Municipal do Jiu-Jitsu na Capital, de autoria do vereador Chiquinho Telles.

Estas três propostas e a que oferece desconto a clínicas de pacientes renais seguem para sanção do prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Primeira votação

Já em primeiro turno de análise e votação foram aprovadas mais três propostas. O que obriga a disponibilização de cadeira de rodas nos cemitérios públicos ou privados e capelas, proposto por William Maksoud (PMN).

Também o que autoriza a criação pela Secretaria Municipal de Educação, o curso pré-vestibular e preparatório para ingresso no ensino superior e concursos públicos, de autoria do vereador Wilson Sami (MDB).

Por fim, o projeto que institui a valorização dos eventos de futebol amador ocorridos em campos de várzea na Capital, reconhecendo-os como patrimônio esportivo e dá outras providências. A proposta é de autoria do vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB).

Jornal Midiamax