Sem Categoria

Reunião com a Sesau deve por fim a discussão sobre normas de centros de beleza

Normas estabelecidas pela Sesau serão discutidas em reunião na próxima terça-feira

Midiamax Publicado em 20/02/2015, às 13h30

None
audiencia_publica.jpg

Normas estabelecidas pela Sesau serão discutidas em reunião na próxima terça-feira

Uma reunião entre vereadores, profissionais da área de estética de Campo Grande e Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), deve por fim às discussões sobre a Resolução 196, da secretaria, que estabelece normas para o funcionamento de centros de beleza, em Campo Grande. O encontro acontece na próxima terça-feira (24), na Sesau.

Na última audiência criada para debater o assunto – em 9 de fevereiro -, os profissionais conseguiram estender o prazo de consulta pública à norma e marcar uma reunião para tentar incluir e retirar dispositivos que, dentre as normas, estabelece separação da recepção do centro de beleza, por exemplo, ao local onde são aplicados os serviços.

Este, inclusive, é um dos itens de maior rejeição à Resolução. “Temos que definir quais regras são mais importantes, porque, na opinião dos profissionais, há regras que seriam desnecessárias e só vão encarecer”, afirma a vereadora Luiza Ribeiro (PPS), que integra a comissão de trabalho.

Os profissionais também são contra muito dos itens, considerados impraticáveis no mercado de Campo Grande. Na reunião de terça, serão apresentadas as atas das duas audiências públicas sobre o assunto, como forma de incluir na consulta pública, que fica aberta até 18 de março.

A chefe do serviço de fiscalização dos estabelecimentos de interesse da saúde, Edna de Castro Coutinho, afirma que a Sesau vai receber as demandas e sugestões que, se tiverem amparo legal, serão acrescentadas à Resolução. “Vamos colocar no papel as reivindicações de alteração deles e, se for possível, será atendida”, disse.

Outra reclamação dos profissionais é com relação à separação da entrada dos estabelecimentos, nos casos em que os salões são junto à residência, o que seria difícil de aplicar. No entanto, a Sesau afirma que algumas regras não caberão discussão por serem de extrema necessidade.

A reunião acontece às 8h30, na Sesau, na próxima terça-feira (24). Participam do encontro, além da comissão de trabalho, o secretário da Sesau, Jamal Salem, a diretora de vigilância em saúde, Márcia Dal Fabro e diretor de fiscalização, Orivaldo Moreira.

Jornal Midiamax