Sem Categoria

Condutora se apresenta a polícia e diz ter atropelado jovem que morreu na MS-379

Mulher afirma que não percebeu que havia atropelado a vítima e fugiu por medo

Midiamax Publicado em 03/04/2015, às 16h01

None
atropelamento_-_dourados_news.jpg

Mulher afirma que não percebeu que havia atropelado a vítima e fugiu por medo

Uma mulher se apresentou nesta sexta-feira (3), no 1º Distrito Policial de Dourados a 225 quilômetros de Campo Grande. Ela afirma ter atropelado o adolescente Ronder Pires Locario, de 14 anos,  que morreu na MS-379 após o acidente na noite dessa quinta-feira (2), por volta das 22h30. A condutora diz que não viu a vítima e fugiu por medo.

O adolescente morava na Aldeia Boboró. estava em uma bicicleta quando foi atropelado. A vítima não recebeu socorro e morreu no local. 

Durante depoimento, a mulher disse que dirigia um veículo Fiat Strada-placa NRT 1363 de Campo Grande – e que seguia em direção a  propriedade rural de uns amigos em Laguna Carapã.

A condutora relatou que viu um vulto no momento da colisão, mas que não percebeu que havia atropelado a vítima e que teve medo de parar no local. Segundo os relatos, ela soube do acidente apenas na manhã de hoje. Depois de prestar depoimento a mulher foi liberada.

Jornal Midiamax