Sem Categoria

Andressa Urach contrai nova bactéria na perna direita, confirma assessoria

Ela terá que ficar de repouso absoluto, sem poder sair de casa, para se recuperar

Clayton Neves Publicado em 07/01/2015, às 19h21

None
226011_36.jpg

Ela terá que ficar de repouso absoluto, sem poder sair de casa, para se recuperar

Após se recuperar de uma infecção generalizada, Andressa Urach ainda vai ter que se manter forte para lutar contra um novo problema, agora na perna direita.  A repórter viajou para Florianópolis para poder descansar no fim de ano, mas acabou adquirindo uma bactéria na perna direita, como foi confirmado a OFuxico por Cacau Oliver, seu assessor.

“É verdade. Infelizmente ela contraiu uma nova bactéria e terá que ficar de repouso absoluto, sem poder sair de casa”.

Durante o final de semana, Urach precisou dar entrada em um hospital de Santa Catarina, onde foi submetida a uma nova drenagem após sentir dores nas pernas, algo considerado normal pelo médico que a tratou em Porto Alegre. Porém, após fazeruma nova bateria de exames, foi detectado a presença de uma outra bactéria na perna direita. 

Na manhã desta quarta-feira (07), Andressa foi flagrada voltando à capital gaúcha para continuar o tratamento que fez no Hospital Conceição, onde ficou internada por 25 dias no final de 2013.

Relembre o caso

A causa do problema de saúde de Andressa Urach foi uma aplicação de hidrogel e PMMA feita há cinco anos nas coxas. Em julho deste ano, a repórter teve problemas e se submeteu a um procedimento para retirar os produtos. Porém, as complicações não cessaram e ela voltou a ter problemas, sendo operada no dia 28 de novembro para continuar a retirada.

Depois da cirurgia, Andressa chegou a receber alta, mas teve que voltar no dia seguinte após sofrer um mal estar. Com uma infecção, ela passou por uma nova operação, onde começou todo o seu drama. No dia 29 de novembro ela deu entrada em um hospital de Porto Alegre, onde ficou internada por 25 dias, durante os quais chegou a ter um quadro de sepse por conta.

Sepse é uma condição com risco de vida, que ocorre quando um agente infeccioso, tais como bactérias, vírus ou fungo, entra na corrente sanguínea de uma pessoa. A infecção afeta todo o sistema imunitário, o que então desencadeia uma reação em cadeia que podem provocar uma inflamação descontrolada no organismo.

Andressa deixou o hospital na véspera de Natal, dia 24 de dezembro.

Jornal Midiamax