Sem Categoria

Inter negocia com a Unimed para ter Fred na Libertadores

Uma das dificuldades na contratação de Fred é o alto salário do jogador

Diego Alves Publicado em 28/12/2014, às 01h07

None

Uma das dificuldades na contratação de Fred é o alto salário do jogador

A possibilidade de contar com o centroavante Fred para a disputa da Copa Libertadores de 2015 ganha cada vez mais força nos corredores do Beira-Rio. O presidente Giovanni Luigi já havia afirmado que o clube tem monitorado o atleta, e que ele teria a vantagem de receber em dia no time colorado. Agora, segundo informações do jornal gaúcho Zero Hora, as conversas com a Unimed para estabelecer uma parceria e contratar o atleta já estão em andamento.

Uma das dificuldades na contratação de Fred é o alto salário do jogador, cerca de R$ 950 mil no Fluminense, mais da metade paga pela empresa do ramo de saúde. Além disso, um dos objetivos da gestão do novo presidente, Vitorio Piffero, é enxugar a folha salarial e melhorar a situação financeira do clube.

Sendo assim, a única maneira de viabilizar a negociação seria através de uma parceria com a Unimed, de forma que a empresa siga bancando cerca de R$ 500 mil do salário do jogador. O Internacional também precisaria dispensar dois outros atacantes que estão em baixa no clube, Wellington Paulista e Rafael Moura, que somados custam cerca de meio milhão de reais aos cofres colorados mensalmente, e usar essas cifras para pagar os R$ 450 mil restantes do salário do atacante que disputou a Copa do Mundo pela Seleção Brasileira.

No entanto, o empresário de Fred (e também de Rafael Moura), Francis Melo, afirmou ao Zero Hora que acha mais provável que o atacante siga nas Laranjeiras, mesmo com a crise financeira do clube. Segundo o agente, o salário do centroavante e está fora da realidade dos clubes brasileiros.

Jornal Midiamax