A empresa americana que criou um drone à vela para navegar ao redor de bases petrolíferas em alto-mar e fazer análise de dados quer lançar o produto a partir de junho. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, o Datamaran (uma combinação de data com o modelo de barco catamarã) será alugado pela Autonomous Marine System (AMS), uma startup de Houston, Texas – principal centro da indústria do petróleo nos Estados Unidos.

A ideia da empresa formada pelo engenheiro espacial T.J Edward e pelo programador Eamon Carrig e alugar os drones marinhos. Cada unidade é feita de fibra de vidro, pesa 59 quilos e mede 2,43 metros de comprimento e 1,82 metros de largura, além de ser movido por dois painéis de energia solar.

De acordo com Edward e Carrig, o Datamaram pode reduzir os gastos no desenvolvimento de pesquisas oceânicas. O primeiro modelo do drone foi produzido por meio de financiamento coletivo (crowdfunding) no Kickstarter em 2012 e conseguiu angariar US$ 80 mil para sua produção.