Sem Categoria

Após pedir ajuda na web, ex-Polegar Ricardo volta a trabalhar

O ex-Polegar Ricardo Costa resolveu reagir à crise financeira pela qual diz passar. O cantor, que pediu ajuda nas redes sociais e chegou a dizer que pensou em seu matar, voltou ao trabalho. Chef de cozinha, Ricardo, que foi criticado por ex-colegas de profissão como Rafael Ilha e até por internautas, que chegaram a dizer […]

Arquivo Publicado em 03/05/2014, às 15h01

None
264281654.jpg

O ex-Polegar Ricardo Costa resolveu reagir à crise financeira pela qual diz passar.


O cantor, que pediu ajuda nas redes sociais e chegou a dizer que pensou em seu matar, voltou ao trabalho.


Chef de cozinha, Ricardo, que foi criticado por ex-colegas de profissão como Rafael Ilha e até por internautas, que chegaram a dizer que ele deveria trabalhar em vez de pedir a ajuda dos fãs, está fazendo tortas para vender em Taubaté (SP), onde vive atualmente.


“Trabalhando com dedicacão, dignidade e determinação”, comentou Ricardo na legenda da imagem publicada em seu Facebook. O cantor está fazendo tortas de frango e goiabada. Cada uma custa R$ 15 e não há taxa de entrega na cidade.

Entenda o caso


A polêmica começou quando Ricardo usou seu perfil no Facebook para pedir ajuda aos amigos. Sucesso nos anos 80 e 90, ele afirmou estar passando por sérios problemas financeiros e pediu que as pessoas o ajudassem depositando qualquer quantia na conta de uma amiga.


“O proprietário da casa veio receber o aluguel e disse que quer receber até sexta-feira. Caso eu não pague, vai tirar minhas coisas e colocar na rua”, comentou o cantor, que está morando em Taubaté (SP) e também é chef de cozinha.


“Estou muito mal e triste, morando sozinho numa cidade em que não conheço ninguém. Se alguém acreditar em mim e puder me emprestar ou ser meu sócio no restaurante, por favor, me ligue. Não tenho vergonha de falar a verdade. Preciso pagar minha mudança e recomeçar novamente com meu restaurante. Espero contar com alguém e me desculpem a franqueza do meu pedido. Serei grato eternamente a quem me ajudar”, completou em seu desabafo.


Ao saber da situação do ex-integrante do grupo, Rafael Ilha resolveu se pronunciar em entrevista ao jornal Extra. “Vocês sabem melhor do que ninguém que de seis em seis meses ele fala que vai se matar, não é?! Basta você pesquisar, que vai ver o que eu estou dizendo… Necessidade passa quem não corre atrás, certo?! Tive meus momentos bons, mas também fui dependente 15 anos, perdi tudo… Parei, corri atrás de várias formas e, graças a Deus, fui grandemente abençoado depois… Como que um cara que não trabalha quer andar de (carro) Santa Fé? Como que não trabalha aluga casa grande em bairro chique? Nunca dei o passo maior do que minhas pernas. Ele é um cara bom, mas é muito carente de atenção, e nos seus 44 anos foi muito mimado, e se acomodou”, criticou.

Jornal Midiamax