A polêmica é por ingresso que será cobrado para a torcida assistir ao jogo neste domingo (11) no Estádio em Dourados

Em matéria que circulou na imprensa douradense nesta quinta-feira (8), a assessoria do Sete de Setembro informava que o jogo entre o time Sub-18 do clube e a Portuguesa, que acontecerá no Douradão, no próximo domingo (11) teria a entrada cobrada, coisa pouco usual nos jogos em Dourados.

O motivo da cobrança de R$ 5 no ingresso, segundo a nota, em fala atribuída a Paulo Campione, é que o que o clube pagaria para jogar no Douradão: “Poucos sabem, mas tudo que fazemos no Douradão, pagamos”. A nota ainda conclamava a torcida a comparecer ao estádio, pos seria “fundamental para garantir aos atletas um maior prestigio com o pagamento de ‘bicho’”.

Na tarde desta sexta-feira (9) o presidente da Funced (Fundação de Cultura e de Esporte de Dourados), o jornalista Antonio Coca, através de sua assessoria, lançou nota afirmando que as alegações de Campione seriam ‘inverídicas’. Segundo a nota da Funced, Coca teria entrado em contato com Campione, que por sua vez teria dito não ter dado tal declaração para a assessoria do Sete.

A nota da Funced diz ainda que “os gastos do clube referem-se ao pessoal terceirizado como maqueiros, gandulas, porteiros e seguranças” e que o clube sempre pode treinar durante a semana conforme solicitação do técnico Elói Kruger. “Na minha gestão a frente da Funced jamais cobrei um tostão de nenhum dos três clubes que utilizaram o Douradão”, afirma ainda Coca.

A redação do Midiamax em Dourados entrou em contado com o diretor do Sete, Paulo Campione. Ele afirmou que realmente há o pagamento do pessoal terceirizado e não do estádio. Campione afirma ainda a assessoria do Sete teria ‘se precipitado’.

A Funced pede a retratação do clube nos jornais. Campione afirma que a assessoria do Sete deve responder a nota da Funced nos jornais deste sábado (10).

Nota de esclarecimento

A Fundação Cultural e de Esportes de Dourados (Funced), que administra o Estádio Douradão, esclarece que, ao contrário do que foi divulgado pela assessoria de imprensa do 7 de Setembro, nenhuma taxa é cobrada na utilização do estádio pelo referido clube de futebol durante as partidas disputadas pelo Campeonato Estadual Sub 18.

A Fundação esclarece ainda que os gastos do clube referem-se ao pessoal terceirizado como maqueiros, gandulas, porteiros e seguranças. Na espera do restabelecimento da verdade, nossos agradecimentos.

Sub-18

O jogo entre o Sete de Setembro e a Portuguesa é pela Copa MS de Futebol Júnior. A larga vantagem do Sete de Dourados praticamente o deixa na final do campeonato. O clube pode perder para a Portuguesa neste domingo por até dois gols de diferença que estará na final. O jogo acontece às 18h, no Estádio Frédis Saldivar, o “Douradão”.