A HVM Incorporadora chegou aos 10 anos de mercado com uma trajetória sólida e transformadora, entregando empreendimentos que atualizam as definições de alto padrão para . São projetos atemporais, integrados à cidade e que abarcam uma visão de futuro de forma a atender às transformações que vão afetar o ritmo de vida e a maneira de viver das pessoas.

“Damos muita importância ao design, que seja sofisticado e atemporal e esteja totalmente integrado ao ambiente para que seja uma entrega à cidade. Ao mesmo tempo, trouxemos tipologias diferentes, entendendo a lacuna existente na Capital e considerando que há um público que privilegia a experiência, que viaja e tem referências globais. O que fazemos é entregar o imóvel de elevado padrão dentro das necessidades do cliente, com espaços funcionais. Uma inversão da lógica de que as pessoas precisam se adaptar ao prédio”, diz o diretor-executivo da Incorporadora, Rodolfo Luiz Holsback. A resposta a isso se dá pelo rápido esgotamento dos empreendimentos logo que lançados.

Foto: HVM/Divulgação

A primeira entrega da incorporadora, em fevereiro de 2018, foi o condomínio Belvedere Residence, que recebeu prêmio da Associação Nacional das Empresas e Profissionais de Piscinas pela estrutura de todo o complexo aquático do empreendimento, com borda infinita, raia para natação e biribol, espaço integrado infantil e piso antitérmico. 

Em seguida, o Vertigo Premium Studios veio para quebrar mais um paradigma, estabelecendo o novo skyline da Capital com seus imponentes 132,9 metros de altura, cravados no dos Estados, e uma fachada inédita, inteiriça em pele de vidro, além de agregar o conceito de gentileza urbana, sem muros em seu entorno, assim como será o seu sucessor o Três Meia Zero, com entrega prevista ainda para este ano de 2022.

O Vertigo foi o primeiro empreendimento de a ser certificado com o selo AQUA-HQE, emitido pela Fundação Vanzolini, que atesta 14 categorias de Qualidade Ambiental, dentre elas a redução do consumo de água, energia, CO2 e matérias-primas nas edificações.

DCIM\100MEDIA\DJI_0799.JPG

O Três Meia Zero percorreu o mesmo caminho, obtendo também a certificação. O prédio terá vista panorâmica da cidade, com Rooftop 360°, Sky Gourmet, Sky Lounge e ClubHouse, ambientes gastronômico e social dotados de uma vista de tirar o fôlego. Toda a concepção do prédio conta com soluções tecnológicas que proporcionam sustentabilidade e conforto, além de valorizar o paisagismo.

Em meio a um de incertezas gerado pela crise do coronavírus a HVM manteve inalterado seu cronograma de projetos e lançou, em junho de 2020, o NEO – Vivendas do Bosque,  um conceito inovador da arquitetura num bairro super-residencial, e com apenas 24 apartamentos; próximo ao e ao Parque das Nações Indígenas.

Belvedere residente foi a primeira entrega. Foto: HVM/Divulgação

A tecnologia utilizada é referência nos grandes centros e tem um destaque especial. O prédio terá infra para tomada de carro elétrico atendendo todas as vagas da garagem, o primeiro empreendimento do Estado a contar com essa solução para todos os moradores. A entrega também está confirmada para este ano.

Em maio de 2021, o residencial Maya Parque das Nações trouxe para a Capital Morena o primeiro prédio assinado pelo estúdio global de arquitetura e design Perkins&Will, com paisagismo de Rodrigo Oliveira (SP) e assim inaugura no Estado o conceito de residências suspensas. O projeto, totalmente integrado com a paisagem do Parque das Nações Indígenas, terá um recuo de 40 metros, brindando a todos que passam pelo local com a bela composição da fachada ao mesmo tempo em que proporcionará aos moradores o privilégio da experiência de viver em um “refúgio em meio à cidade”.

O mais recente entre os lançamentos, o DOM Jardim dos Estados, segue a mesma proposta, respeitando o ambiente à sua volta criando um cenário integrativo com todas as construções que o cercam, com utilização de materiais nobres como madeira, concreto e vegetação nas floreiras assimétricas que dão perspectiva de movimento à fachada.

Foto: HVM/Divulgação

As regiões privilegiadas em que estão os empreendimentos permitem deslocamento rápido aos principais pontos da Capital, conservando o conceito de “Cidades de 15 minutos” defendido pela empresa. “A escolha é feita cuidadosamente para que, não só os componentes do prédio, mas também o entorno possa proporcionar qualidade de vida, com menos necessidade de uso de automóveis para deslocamento, estimulando um estilo de vida mais saudável”, explica Rodolfo.

Além de integrar a cidade, os empreendimentos da HVM também impactam diretamente no giro econômico, desde a contratação de fornecedores, considerando que hoje 72% são do próprio Estado, alimentando o ciclo virtuoso do desenvolvimento.

Sobre a HVM – A HVM Incorporadora é uma empresa sul-mato-grossense que atua há 10 anos no mercado imobiliário, com certificações pela qualidade e sustentabilidade de seus projetos (• ISO 9001-2015 • PBQP-H • selo AQUA-HQE do edifício Vertigo Premium Studios, Três Meia Zero).

Saiba mais sobre os empreendimentos no site: www.hvm.com.br ou pelos telefones: (67) 3378-3400 | (67) 99809-9659. Siga o instagram @hvmincorporadora

Foto: HVM/Divulgação