A Prefeitura de divulgou o resultado da licitação para formação de registro de preços visando à compra de medicamentos para o município. Ao todo, o Executivo pretende gastar R$ 1,2 milhão com as compras.

O resultado da licitação consta no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

De acordo com a publicação, o registro de preços foi firmado com cinco empresas. Confira quanto cada uma deve receber:

  • DU Bom Distribuição de Produtos Médico Hospitalar – R$ 295.873,50
  • Brasmed Comercio de Produtos Hospitalares Me – R$ 584.820,00
  • Cg Hospitalar Distribuidora de Produtos Hospitalares Eireli Me – R$ 1.765,00
  • Aguia Distribuidora de Medicamentos e Suprimentos Eirele Me – R$ 180.360,00
  • Java Med Materiais Hospitalares Ltda – R$ 72.984,00

Conforme a publicação, as empresas serão responsáveis pelo fornecimento de medicamentos e insumos injetáveis em atendimento das necessidades do Fundo Municipal de Saúde.

Terenos irá gastar R$ 4,1 milhões para construir unidade de saúde

Anteriormente, Terenos divulgou o contrato de R$ 4,1 milhões firmado com a empresa Bergamo Construtora Ltda para construção da Unidade de Saúde de Urgência e Emergência no município.

Do mesmo modo, o extrato do contrato consta no Diário Oficial da .

Assim, a empresa receberá um total de R$ 4.159.723,94 para a realização das obras. O contrato possui vigência de doze meses.

O município divulgou o resultado da licitação que terminou com Bergamo Construtora como vencedora ainda em janeiro deste ano. Agora as partes fecharam contrato.

Por fim, o prefeito de Terenos, Henrique Wancura Budke (PSDB), assinou o contrato.