MPMS reajusta vencimento dos servidores e membros em 10%, retroativo a 1º de janeiro

O MPMS não forneceu detalhes sobre o impacto financeiro nas contas públicas e está postergando o detalhamento do que diz outras portarias que tratam de outros reajustes
| 06/05/2022
- 18:30
MPMS fez recomendações ao prefeito, para adequações ao Conselho Tutelar
MPMS fez recomendações ao prefeito, para adequações ao Conselho Tutelar

O MPMS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) iniciou uma série de reajustes – todos de 10% e retroativos a 1º de janeiro – para seus colaboradores. Só a resolução nº 8/2012 vai garantir 10% a mais no pagamento dos Adicionais por Tempo de Serviço, de Férias, de Qualificação e de Plantão aos Servidores e Membros do .

Já na resolução nº 01/2012, membros e servidores do MPMS vão passar a receber, com reajuste de 10% retroativo a 1º de janeiro, um auxílio-alimentação mais robusto. E por meio da portaria 2.241/2019, o auxílio-transporte também foi reajustado em 10% - tudo retroativo a 1º de janeiro.

A reportagem do solicitou ao órgão ministerial detalhamento das tabelas atualizadas com os reajustes, mas não recebeu resposta até a publicação. O espaço segue aberto para acréscimo das tabelas, caso sejam enviadas.

MPMS vai gastar R$ 318,9 mil em mais uma construção

O MPMS vai gastar R$ 318.909,80 na execução da obra de construção do abrigo para armazenamento de resíduos sólidos nas dependências do terreno da Procuradoria-Geral de Justiça, localizado na Rua Presidente Manuel Ferraz de Campos Salles, 214 - Jardim Veraneio, Campo Grande/MS. O recurso inclui o pagamento de mão de obra, uso de ferramentas, equipamentos e demais materiais necessários. Quem vai fazer o serviço é TCA Arquitetura e Consultoria Eireli, que ganhou a licitação por ter apresentado o menor preço.

Veja também

Altair Fabro e Cia foi notificada e multada oito vezes por não cumprir contrato

Últimas notícias