Política / Transparência

Com avanço da Covid-19, Ministério Público coloca 70% dos servidores em teletrabalho

Medida vale a partir desta quinta-feira e segue até o dia 31 de janeiro

Renan Nucci Publicado em 13/01/2022, às 07h46

None
Arquivo

O MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) autorizou que 70% dos servidores atuem no regime de teletrabalho (home office) a partir desta quinta-feira (13), até o dia 31 de janeiro, em razão de novo aumento nos casos da Covid-19.

Conforme portaria publicada no Diário Oficial desta quinta, assinada pelo procurador-geral de Justiça Alexandre Magno Benites de Lacerda, o objetivo é garantir medidas de biossegurança para evitar o risco de contágio oferecido pelo coronavírus.

“Incumbe ao membro ou à chefia imediata, conforme o caso, organizar e coordenar os trabalhos de sua respectiva unidade, estabelecendo plano de organização do trabalho presencial, contendo a escala de trabalho e o eventual revezamento das modalidades de trabalho presencial e por meio remoto, de acordo com o estabelecido no Plano de Biossegurança do MPMS, entre membros, servidores, estagiários e colaboradores”, lê-se na publicação.

Jornal Midiamax