Política / Transparência

Universidade devolve imóvel e prefeitura em MS vai ressarcir R$ 2,6 milhões

Local estava sendo alugado pelo município, que doou terreno na década de 1990

Adriel Mattos Publicado em 22/06/2021, às 17h28

None
Foto: Divulgação

O prefeito de São Gabriel do Oeste, Jeferson Tomazoni (PSDB), sancionou lei que autoriza o ressarcimento de R$ 2,6 milhões à Missão Salesiana de Mato Grosso, mantenedora da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), a título de devolução do imóvel onde hoje está a sede da prefeitura. O texto foi publicado na edição desta terça-feira (22) do Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

O terreno tem 19,2 mil metros quadrados e 1,3 mil de área construída. Por ter realizado essa benfeitoria, a instituição tem direito a receber ressarcimento nesse valor. A devolução já ocorreu há vários anos, mas só agora está sendo oficializada.

Na justificativa do projeto enviado e aprovado pela Câmara Municipal, o prefeito destacou que o imóvel foi doado à UCDB em 1998 para a instalação de um campus universitário. A unidade foi desativada em 2008 e dois anos depois, a prefeitura locou o prédio para transferir a sede municipal e suas secretarias para o local.

Após reunir-se com representantes da Missão Salesiana e da UCDB, o município acolheu a avaliação de um perito sobre as construções, que foram avaliadas em R$ 2,6 milhões. Com isso, a prefeitura paga pelas benfeitorias e fica livre do aluguel do imóvel.

Em nota ao Jornal Midiamax, a Missão Salesiana informou que a “devolução e o ressarcimento pelas benfeitorias implantadas foram decididas em comum acordo” com a prefeitura. Procurada, a UCDB não se manifestou até a presente publicação.

Jornal Midiamax