Política / Transparência

Três empresas disputam licitação para reformar postos de saúde em Campo Grande

São 13 unidades relacionadas para receber obra de acessibilidade

Mayara Bueno Publicado em 13/09/2021, às 08h29 - Atualizado às 08h45

Unidade de Saúde 26 de Agosto; imagem ilustrativa
Unidade de Saúde 26 de Agosto; imagem ilustrativa - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax, Arquivo)

Três empresas foram classificadas na licitação de R$ 350.703,19 que prevê reforma em unidades de saúde de Campo Grande. O aviso foi divulgado nesta segunda-feira (13), no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande).

De acordo com o documento, as empresas Luiz Antônio Vieira Monteiro Arquitetura, MRL Comércio de Materiais Elétricos e RCC Construções foram classificadas. Foi aberto prazo de cinco dias úteis, contados a partir da publicação de hoje, para eventual contestação do resultado. Posteriormente, será marcada sessão de disputa de preços.

Segundo o edital, reforma prevê adequação no que diz respeito à acessibilidade das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) Ana Maria do Couto e Paradiso, UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Carmélia, as UBSFs (Unidade Básica de Saúde da Família) Vila Cox e Zé Pereira. Ainda, UBS do Aero Rancho, assim como o CRS (Centro Regional de Saúde) do mesmo bairro; UBSF do Jardim Tarumã; UBS Lar do Trabalhador e Mário Covas; UPAs do Jardim Leblon; Moreninhas III e Santa Mônica.

Jornal Midiamax