Política / Transparência

Sesau publica licenças de 457 profissionais de saúde nos últimos quatro meses

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) teve em torno de 457 profissionais de saúde com licença nos últimos quatros meses para tratamento médico. Resolução publicada no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) oficializou as licenças tiradas desde o dia 1º de setembro do ano passado. Conforme a publicação, que pode ser lida a partir da […]

Fábio Oruê Publicado em 13/01/2021, às 17h58 - Atualizado às 18h22

Sede da Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande. (Foto: Divulgação)
Sede da Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande. (Foto: Divulgação) - Sede da Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande. (Foto: Divulgação)

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) teve em torno de 457 profissionais de saúde com licença nos últimos quatros meses para tratamento médico. Resolução publicada no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) oficializou as licenças tiradas desde o dia 1º de setembro do ano passado.

Conforme a publicação, que pode ser lida a partir da página 16 do diário, as licenças são para “para tratamento de saúde dos servidores relacionados” e variam entre quatro e 30 dias de afastamento. Alguns servidores tiraram mais de um período de afastamento e por isso aparecem mais de uma vez na lista.

Segundo levantamento do Jornal Midiamax, entre eles há médicos, enfermeiros, agentes de saúde, técnicos de enfermagem e outros, assistentes, odontólogos, farmacêuticos, membros do corpo administrativo, psicólogos, entre outros diversos cargos. São, em torno, 50 médicos, 102 agentes de saúde, 35 enfermeiros e 59 técnicos de enfermagem.

De acordo com a Sesau, “as licenças são referentes às mais diversas situaçãos [de saúde]”, mas que umas das razões pode ser a covid-19.

Jornal Midiamax