Política / Transparência

Recapeamento em rodovia de Itaporã vai custar R$ 7,1 milhões

Concrenavi Concreto Usinado Naviraí venceu a licitação aberta pela Agesul

Renata Volpe Publicado em 29/07/2021, às 09h47

MS-157 em trecho que liga Itaporã à Gleba Santa Terezinha em imagem feita em 2018
MS-157 em trecho que liga Itaporã à Gleba Santa Terezinha em imagem feita em 2018 - Itaporã News, Arquivo, Divulgação

Obra de recapeamento na rodovia MS-157, em Itaporã, vai custar aos cofres públicos R$ 7,1 milhões, conforme aviso de resultado de licitação divulgado nesta quinta-feira (29).

Segundo o aviso da Agesul (Agência de Estado de Gestão e Empreendimentos), a empresa Concrenavi Concreto Usinado Naviraí venceu a licitação. A obra será de restauração de pavimento, melhoramento e adequação da capacidade de tráfego, segurança e drenagem da rodovia MS-157/vicinal, trecho: entr. BR-267. 

A obra terá continuidade no subtrecho: entr. MS-157, no acesso à Gleba Santa Terezinha — perímetro urbano Gleba Santa Terezinha (lote 3), com extensão de 11,40 km. O valor total dos serviços é de R$ 7.176.659,22. O contrato ainda será divulgado pela Agesul, com prazo para início e término da obra. 

De acordo com informações do Portal da Transparência, a Concrenavi tem mais quatro contratos celebrados com a  Agesul, que juntos somam mais de R$ 22 milhões. O maior deles, é R$ 10.059.667,40, em que a empresa executa obras de pavimentação asfáltica, drenagem de águas pluviais, acessibilidade e sinalização viária na Avenida Hayel Bon Faker, trecho compreendido entre a BR-163 e a Avenida Marcelino Pires, em Dourados.

Jornal Midiamax