Política / Transparência

Prefeitura vai licitar torre de TV para substituir a derrubada por temporal em junho

Prefeitura de Naviraí espera concluir licitação em até 60 dias; 5 emissoras de TV tiveram o sinal suspenso

Humberto Marques Publicado em 09/07/2021, às 17h51

Antena usada por emissoras foi derrubada durante temporal em junho
Antena usada por emissoras foi derrubada durante temporal em junho - PMN/Divulgação

A Prefeitura de Naviraí –a 364 km de Campo Grande– anunciou nesta sexta-feira (9) que prepara licitação para aquisição e instalação de uma nova torre de TV, para substituir a antena que desabou durante tempestade com chuva de granizo que atingiu o município em junho.

Conforme informações do Paço Municipal de Naviraí, desde a queda da torre, 5 emissoras de televisão deixaram de ter seu sinal veiculado na região. O problema já gerou reivindicações na Câmara Municipal cobrando providências.

As gerências de Administração, Obras e de Licitações estão encaminhando a resolução do problema. “Naviraí foi declarada em situação de emergência devido à tempestade, mesmo assim, não existe justificativa para dispensa de licitação. Após a elaboração do termo de referência por parte da Gerência de Obras, iniciaremos o processo de licitação para a aquisição da nova torre. Este processo, no sistema de pregão, deverá ser iniciado e concluído em aproximadamente 60 dias”, informa o gerente Adriano Talarico Soletti (Licitações e Contratos).

“Prevemos uma estrutura metálica mais reforçada e resistente para que a nova antena suporte possíveis intempéries. Neste momento, pedimos a compreensão da população, pois, a questão está sendo resolvida”, disse a prefeita Rhaiza Matos (PSDB), segundo quem a nova estrutura também será usada para o monitoramento da Segurança Pública local.

Jornal Midiamax