Política / Transparência

Prefeitura em MS suplementa R$ 24,4 milhões para despesas de secretarias e cobrir déficit previdenciário

O prefeito de Aparecida do Taboado, José Natan Dias (Podemos)  assinou decreto de suplementação do orçamento na ordem de R$ 24,4 milhões. O decreto foi publicado na edição desta quinta-feira (18) do Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). Parte dos créditos vão para pagamentos de salário do próprio, do […]

Adriel Mattos Publicado em 18/03/2021, às 15h18 - Atualizado às 15h20

Paço Municipal “Oswaldo Bernardes da Silva”, em Aparecida do Taboado. (Foto: Divulgação)
Paço Municipal “Oswaldo Bernardes da Silva”, em Aparecida do Taboado. (Foto: Divulgação) - Paço Municipal “Oswaldo Bernardes da Silva”, em Aparecida do Taboado. (Foto: Divulgação)

O prefeito de Aparecida do Taboado, José Natan Dias (Podemos)  assinou decreto de suplementação do orçamento na ordem de R$ 24,4 milhões. O decreto foi publicado na edição desta quinta-feira (18) do Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Parte dos créditos vão para pagamentos de salário do próprio, do vice Cosme Ávila (PSL) e de todo o secretariado. Também foram destinados recursos para quitar a folha salarial do funcionalismo público.

Também foi suplementada verba para despesas diversas das secretarias. O maior montante vai para cobrir o déficit da previdência, de R$ 4,5 milhões. 

Foram destinados R$ 2,5 milhões para o ensino infantil; R$ 2,2 milhões para ações de atenção básica à saúde; R$ 1 milhão para o ensino fundamental e R$ 793,5 mil para manutenção e operacionalização da Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento.

As tabelas completas com as movimentações dos recursos estão disponíveis no Diário Oficial da Assomasul (clique aqui para conferir, a partir da página 36).

Jornal Midiamax