Prefeitura de publicou, nesta terça-feira (26), três extratos de aditivo no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). Dois termos são referentes a compra de combustíveis para abastecer a frota do município.

O termo aditivo do contrato nº 126/2016 é o mais caro dentre os contratos entre o Executivo Municipal e o Auto Posto Trevão. O valor do aditivo é de R$ 885.499,72 no acordo que vale R$ 9.781.140,02, sendo que este é atualizado para R$ 10.666.639,74.

A licitação tem como objetivo a prestação de serviços de administração e gerenciamento de despesas de manutenção automotiva em geral, com fornecimento de peças, componentes e acessórios, com implantação e operação de sistema informatizado, para atender os veículos e maquinários oficiais da prefeitura.

Mediante o termo aditivo, fica prorrogado o prazo de vigência por mais quatro meses, com início em 02 de janeiro de 2021 e término em 02 de maio de 2021.

Os recursos para o pagamento do aditivo serão obtidos das secretarias municipais de Finanças e Planejamento, de Governo e Relações Institucionais, de Educação, de Agricultura e , de Obras, Urbanismo e Habitação e dos fundos municipais de Saúde e de Assistência Social.

Já o outro contrato tem como objetivo a aquisição parcelada de comum, óleo diesel e óleo diesel S10, nos municípios de Campo Grande, São José do Rio Preto (SP) e no próprio município para o abastecimento da frota de Paranaíba.

Conforme a publicação, o aditivo é de R$ 16.450,00 no contrato que tem valor de R$ 2.220.388,27. Com isso, o montante sobe para R$ 2.336.838,27. Os recursos que são originados da Secretaria Municipal de Obras, Urbanismo e Habitação.

O segundo extrato se refere ao tempo de vigência deste serviços, que foi prorrogado por um mês, contando a partir de 31 de dezembro de 2020 e terminando em 31 de janeiro de 2021. Todos os extratos foram assinados em dezembro, ainda na gestão do ex-prefeito Ronaldo Miziara ().