Política / Transparência

Prefeitura de Dourados anuncia reforma da escola Maria Conceição Angélica

O local está interditado desde setembro, quando a Defesa Civil de Dourados constatou risco de queda devido a avarias provocadas por cupins

Marcos Morandi Publicado em 19/11/2021, às 06h39

Prefeito disse que obras começam durante o período de férias
Prefeito disse que obras começam durante o período de férias - Leandro Silva

Com previsão de investimentos no valor de R$ 1,5 milhão, a Escola Municipal Maria Conceição Angélica irá passar por reformas. O anúncio foi feito pelo prefeito Alan Guedes (PP), durante visita ao local acompanhado por vereadores e secretários municipais.

O local está interditado desde setembro, quando a Defesa Civil de Dourados constatou risco de queda devido a avarias provocadas por cupins. “Com o projeto pronto, iremos realizar o pedido de dispensa de licitação para fazer a obra em caráter emergencial. Nossa intenção é aproveitar o período de férias letivas, para dar andamento aos trabalhos”, pontuou o prefeito.  

Segundo o  secretário de Obras, Luis Gustavo Casarin, os cupins danificaram vigas importantes para a estrutura do pátio central da escola, o que acabou provocando danos no forro. “No projeto, nós estabelecemos uma mudança no material utilizado na estrutura do telhado, que será construído com metal para evitar que essa situação volte a ocorrer no futuro”, explicou Casarin.

Aulas

O risco de queda e a interdição do local fizeram com que as aulas presenciais fossem paralisadas no mês de setembro. São cerca de 930 alunos que estudam na instituição. No local, o setor administrativo continua funcionando, por estar em um local diferente do interditado.

A secretária de Educação, Ana Paula Benitez Fernandes, explica que a medida prevê a segurança das crianças. “Com a interdição feita pela Defesa Civil, a aula remota foi mantida. No entanto, o administrativo e os professores continuam vindo normalmente, para garantir a entrega da apostila aos pais de alunos”, destacou.

Jornal Midiamax