Política / Transparência

Prefeitura de Campo Grande estuda adoção de Refis para começar em junho

Vereador comentou na Câmara Municipal possibilidade, confirmada pelo secretário

Mayara Bueno Publicado em 27/04/2021, às 11h09

Prefeitura de Campo Grande
Prefeitura de Campo Grande - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

A Prefeitura de Campo Grande avalia adoção de Refis (Programa de Refinanciamento de Dívidas) do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para começar em junho. O secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, reforçou que trata-se de estudo e a palavra final é do prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Durante a sessão na Câmara Municipal desta terça-feira (27), o vereador Valdir Gomes (PP) disse para os colegas que projeto de renegociação deveria ser apresentado nas próximas semanas.

"O que temos é um estudo para junho. A decisão de fazer ou não é do prefeito, mas existe a discussão para fazer isso", disse o titular de Finanças à reportagem - que acionou o prefeito e aguarda retorno.

Ainda na reunião no parlamento, o vereador disse que o desconto aos juros poderia chegar a 100% - medida como esta já foi colocada em vigor anteriormente. O projeto permite renegociação de impostos municipais, sobretudo, IPTU.

Jornal Midiamax