Política / Transparência

Prefeitura de Caarapó divulga resultado de licitação de R$ 2 milhão para compra de alimentícios

Prefeitura de Caarapó divulgou as empresas vencedoras do pregão para fornecimento de alimentos para escolas, no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), nesta terça-feira (2), com valor total de R$ 2.086.173,43 Conforme a publicação, o resultado final foi a escolha das empresas Franciele Viscardi Kovalski Eirelli, da Kflex Comercial […]

Fábio Oruê Publicado em 02/02/2021, às 15h01 - Atualizado às 15h55

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução. - Foto: Reprodução.

Prefeitura de Caarapó divulgou as empresas vencedoras do pregão para fornecimento de alimentos para escolas, no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), nesta terça-feira (2), com valor total de R$ 2.086.173,43

Conforme a publicação, o resultado final foi a escolha das empresas Franciele Viscardi Kovalski Eirelli, da Kflex Comercial LTDA, Laticínios Camby LTDA, Santi Comércio e Distribuidora de Alimentos Eirelli, M. A. Amorim Distribuidora de Carnes e a Marge Hortifruti para aquisição de gêneros alimentícios em instituições de ensino do município, distante 278 km de Campo Grande. Cada empresa irá fornecer itens diversos previstos no edital.

O pregão vai atender as demandas do ano letivo de 2021 das escolas municipais e Cmei’s (Centro Municipal de Educação Infantil) com sede em Caarapó. A empresa ‘Franciele’ receberá R$ 146.232,34 por 10 itens, enquanto a Kflex R$ 286.781,88, por 14 tipos de alimentos. Já a Laticínios Camby irá fornecer somente um produto, recebendo R$ 99.421,92. A Santi disponibilizará quatro alimentícios previstos, perfazendo o valor de R$ 574.113,96, e a M. A. Amorim receberá R$ 816.431,73 por dois itens. Por fim, a Marge Hortifruti fornecerá um tipo de alimento por R$ 163.191,60.

Reserva indígena e distritos

O Executivo Municipal também divulgou as empresas vencedoras do pregão para aquisição de alimentos para as escolas e Cmei’s da reserva indígena Te’yikuê, Guyra Roká e dos distritos de Nova América e Cristalina. O valor total desse contrato é de R$ 1.065.295,67 e somente a Marge Hortifruti não faz parte dele.

A empresa ‘Franciele’ receberá R$ 80.411,15 por 11 itens e a Kflex R$ 82.165,59, também por 11 tipos de alimentos. Enquanto a Laticínios Camby irá fornecer somente um produto, recebendo R$ 69.566,56, a Santi disponibilizará nove alimentícios previstos, perfazendo o valor de R$ R$398.769,49. Já a M. A. Amorim receberá R$ 434.382,88 por dois itens.

Ambas homologações são assinadas pelo prefeito do município André Nezzi (PSDB).

Jornal Midiamax