Política / Transparência

Prefeitura de Aparecida do Taboado fixa despesa milionária para exercício financeiro de 2021

Prefeitura de Aparecida do Taboado aprovou a receita e fixou as despesas em R$ 124 milhões para o exercício financeiro de 2021. O Executivo Municipal publicou o decreto no Diário da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), desta sexta-feira (8). De acordo com a publicação, sancionada pelo até então prefeito José Robson Samara (PSB), […]

Fábio Oruê Publicado em 08/01/2021, às 17h21 - Atualizado às 17h53

Prefeitura de Aparecida do Taboado (Foto: Arquivo)
Prefeitura de Aparecida do Taboado (Foto: Arquivo) - Prefeitura de Aparecida do Taboado (Foto: Arquivo)

Prefeitura de Aparecida do Taboado aprovou a receita e fixou as despesas em R$ 124 milhões para o exercício financeiro de 2021. O Executivo Municipal publicou o decreto no Diário da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), desta sexta-feira (8).

De acordo com a publicação, sancionada pelo até então prefeito José Robson Samara (PSB), a receita orçamentária decorrerá da arrecadação de tributos, transferências constitucionais e outras receitas correntes e de capital. Montante de receitas se divide entre receitas correntes, receitas de capital e receita intraorçamentária e consta como “valor adequado em relação ao valor projetado” na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias).

Está previsto nas receitas correntes R$ 114.578.689,93 e R$ 7.605.500,00 nas receitas de capital, além de R$ 13.110.048,00 da receita intraorçamentária. Há também dedução de menos R$ 11.294.237,93.

Separando as despesas por órgão, o Fundo Municipal de Saúde é o que tem maior gasto: R$ 25.526.437,58. O gabinete do prefeito está com despesas estimadas em R$ 2.645.000,00 e a Câmara Municipal em R$ 4.760.000,00.

Jornal Midiamax