Política / Transparência

Prefeitura abre pregão de R$ 6,1 milhões para compra de cloroquina e outros 19 remédios

Registro de preços será para atender unidades de saúde de Campo Grande

Mayara Bueno Publicado em 04/10/2021, às 08h32 - Atualizado às 09h00

Secretaria de Saúde de Campo Grande
Secretaria de Saúde de Campo Grande - (Foto: Jornal Midiamax, Arquivo)

Pregão eletrônico de R$ 6,185.867,11 para compra de medicamentos foi aberto, segundo aviso divulgado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta segunda-feira (4). Conforme o edital, o objetivo é atender todas as unidades da Remus (Rede Municipal de Saúde).

O vencedor da concorrência fornecerá remédios por um ano e a entrega deles será feita de forma parcelada, de acordo com a necessidade. São 20 lotes com medicamentos como Omeprazol, Polivinilpirrolidona, Cloridrato de amiodarona, Prednisona e Cloroquina, entre outros.

Comprovadamente ineficaz para Covid-19, este último remédio é usado para outras condições, como lúpus. Independentemente disto, não há especificação no edital para quais tipos de doença e tratamento a medicação (que precisa de receita médica) será destinada.

No edital, há quantidade estimada conforme histórico de consumo dos meses que antecederam o estudo técnico do pregão eletrônico. As propostas serão recebidas até as 7h59 de 20 de outubro e, no mesmo dia, a partir das 8h, a sessão de disputa de preços será aberta. O pregão será feito pelo http://compras.campogrande.ms.gov.br/sgc.

O pregão está registrado com o número 240/2021 e o edital pode ser consultado no Portal da Transparência da Prefeitura de Campo Grande.

Jornal Midiamax