Política / Transparência

Prefeito sanciona e Dia do Povo Cigano entra para o calendário de Campo Grande

Dia Municipal do Povo Cigano entrou para o Calendário oficial de eventos de Campo Grande, nesta quarta-feira (6), após o prefeito Marquinhos Trad (PSD) sancionar a lei e publicar no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande). A lei nº 6.532, de 5 de janeiro de 2021 surgiu de um projeto de autoria do vereador Otávio Trad (PSD), […]

Fábio Oruê Publicado em 06/01/2021, às 18h38

Cigana Luna Negra ao centro, ladeada pelas dançarinas da Cia de dança (foto: divulgação)
Cigana Luna Negra ao centro, ladeada pelas dançarinas da Cia de dança (foto: divulgação) - Cigana Luna Negra ao centro, ladeada pelas dançarinas da Cia de dança (foto: divulgação)

Dia Municipal do Povo Cigano entrou para o Calendário oficial de eventos de Campo Grande, nesta quarta-feira (6), após o prefeito Marquinhos Trad (PSD) sancionar a lei e publicar no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande).

A lei nº 6.532, de 5 de janeiro de 2021 surgiu de um projeto de autoria do vereador Otávio Trad (PSD), que  destaca que a criação da data reconhece a contribuição da etnia cigana para o aprimoramento da cultura campo-grandense.

O dia 24 de maio, escolhido para a celebração, é dedicado a Santa Sara Kalí, padroeira dos povos ciganos. Em 2006 foi instituído do Dia Nacional do Povo Cigano e houve o reconhecimento da existência do Povo Rom, como os ciganos são chamados, pelo poder público federal como integrantes do processo organizativo do país.

Segundo a Câmara Municipal, em Campo Grande vivem aproximadamente 400 pessoas ciganas, representadas por grupos diversos tais como Calón, Horahano, Kalderash e Matchwani.

Jornal Midiamax