Política / Transparência

Prefeito e secretários debatem revisão do Plano Diretor de Dourados

Primeira reunião contou também com a participação de corpo técnico da administração municipal

Marcos Morandi Publicado em 09/04/2021, às 07h39

Alan Guedes reforçou o empenho da gestão em relação aos processos do Executivo
Alan Guedes reforçou o empenho da gestão em relação aos processos do Executivo - Leandro Silva

Organizada pela Seplan (Secretaria de Planejamento Urbano), aconteceu nesta quinta-feira (8), a primeira reunião do alinhamento de ações para o processo de revisão do Plano Diretor de Dourados), no Auditório da Prefeitura de Dourados. O debate teve a presença do prefeito Alan Guedes, do secretariado e também das equipes técnicas municipais.

Segundo a prefeitura, o encontro teve como principal meta a conscientização dos atores responsáveis por pensar e executar políticas públicas para a melhoria da cidade. “A revisão do Plano Diretor encontra-se na segunda etapa de execução, onde o foco se consiste no levantamento de dados e informações da realidade atual do município”, lembra o titular da pasta, Romualdo Diniz Salgado Júnior.

Devido a recente mudança de gestão municipal e alterações no corpo técnico da Prefeitura, se faz necessário também solicitar a indicação de novos representantes das secretárias que compunham as equipes técnicas municipais de acompanhamento do processo.

Já o prefeito Alan Guedes reforçou o empenho da gestão em destravar e dar fluidez aos processos do Executivo. “Este é, verdadeiramente, um trabalho feito por dezenas de mãos. Por isso, precisamos do empenho e compreensão dos profissionais envolvidos nesta revisão. A reunião foi muito produtiva, o trabalho liderado pelo secretário Romualdo vai render excelentes frutos para Dourados”, disse.

O secretário de Governo e Gestão Estratégica, Henrique Sartori, avaliou como positivo o primeiro passo dado para o alinhamento entre o corpo técnico. “Esta discussão é muito importante. A efetividade deste trabalho iniciado agora se materializará em políticas públicas assertivas lá na frente”, conclui.

Jornal Midiamax