Política / Transparência

MPMS confirma nepotismo indireto e recomenda exoneração em Ladário

5ª Promotoria de Justiça de Corumbá recomenda a exoneração do servidor irregularmente nomeado

Marcelo Nantes Publicado em 08/09/2021, às 14h00

MPMS identifica nepotismo indireto em Ladário
MPMS identifica nepotismo indireto em Ladário - Arquivo

O MPMS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) identificou a prática de nepotismo indireto no âmbito da prefeitura de Ladário e recomendou ao prefeito da cidade, Iranil Soares, que exonere o servidor público irregularmente nomeado. 

De acordo com o inquérito civil instaurado pela 5ª Promotoria de Justiça de Corumbá, o esposo de uma das vereadoras do município foi nomeado para exercer o cargo de diretor-presidente da Fundação Municipal de Turismo de Ladário. Para o MPMS, foram privilegiados interesses individuais em detrimento do interesse coletivo.

A recomendação prevê o prazo de 10 dias para que sejam tomadas as providências cabíveis e comunicadas à 5ª Promotoria de Justiça.

Jornal Midiamax