Política / Transparência

Manutenção de rodovias em Camapuã e Rio Negro vai custar R$ 17,1 milhões

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) contratou duas empresas para realizar manutenção e conservação de rodovias asfaltadas ou não nas regiões de Camapuã e Rio Negro. Os avisos de resultados foram publicados na edição desta segunda-feira (25) do DOE (Diário Oficial Eletrônico). Na 15ª Residência Regional de Camapuã, […]

Adriel Mattos Publicado em 25/01/2021, às 12h34 - Atualizado às 12h36

Foto ilustrativa | Edemir Rodrigues, Subcom-MS
Foto ilustrativa | Edemir Rodrigues, Subcom-MS - Foto ilustrativa | Edemir Rodrigues, Subcom-MS

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) contratou duas empresas para realizar manutenção e conservação de rodovias asfaltadas ou não nas regiões de Camapuã e Rio Negro. Os avisos de resultados foram publicados na edição desta segunda-feira (25) do DOE (Diário Oficial Eletrônico).

Na 15ª Residência Regional de Camapuã, a Construtora Rial vai executar o serviço, referente ao Setor B, ao longo de 417,800km, ao custo de R$ 6,2 milhões.

Já na 17ª Residência Regional de Rio Negro, serão 590,600km sob responsabilidade da Teccon Construção e Pavimentação, por R$ 10,9 milhões.

Os resultados foram confirmados em favor das empresas e homologados oficialmente pela Agesul. Não foi divulgado o prazo para a execução dos serviços, que só deve começar oficialmente quando as empresas receberem a Ordem de Início de Serviço.

Jornal Midiamax