Política / Transparência

Feira Central passará por reforma com recursos de R$ 80 milhões

1ª Etapa vai consumir R$ 15 mi. Assinatura está prevista para esta sexta (1º)

Marcelo Nantes Publicado em 29/09/2021, às 09h06

Feira Central de Campo Grande vai passar por reforma
Feira Central de Campo Grande vai passar por reforma - Divulgação site oficial

Considerada um dos principais pontos turísticos de Campo Grande, a Feira Central vai passar por reformas. As obras vão ser divididas em três etapas, com valor estimado de R$ 80 milhões. 

A primeira delas foi orçada em R$ 15 milhões. O prefeito Marquinhos Trad (PSD) deve assinar o convênio com a CEF (Caixa Econômica Federal) nesta sexta-feira (1º).

A informação é do secretário municipal de Cultura e Turismo da Capital, Max Freitas. A estrutura da ‘Feirona’, que existe há mais de 50 anos, “vai receber mais vida”. “Estamos falando de um projeto emblemático, com um novo conceito. O canteiro de obra vai ficar onde hoje está o estacionamento. Não será necessário nem interditar o atual prédio”, garante o secretário Max.

A previsão é de que a 1ª etapa termine em oito meses, com a totalização da reforma em dois anos. O extrato do contrato foi publicado no DOU (Diário Oficial da União) nesta quarta-feira (29).

Jornal Midiamax