Política / Transparência

Covid-19: Criado comitê de crise no Distrito Sanitário Indígena de MS

A coordenação do Dsei-MS (Distrito Sanitário Especial Indígena de Mato Grosso do Sul) autorizou a instalação de um comitê de crise para acompanhar a evolução da pandemia de Covid-19. A portaria foi publicada na edição desta quarta-feira (6) do DOU (Diário Oficial da União). O Comitê de Crise Distrital será formado por dez pessoas, todas […]

Adriel Mattos Publicado em 06/01/2021, às 07h26 - Atualizado às 07h28

Sede do Dsei-MS, em Campo Grande. (Foto: Reprodução, Google Street View)
Sede do Dsei-MS, em Campo Grande. (Foto: Reprodução, Google Street View) - Sede do Dsei-MS, em Campo Grande. (Foto: Reprodução, Google Street View)

A coordenação do Dsei-MS (Distrito Sanitário Especial Indígena de Mato Grosso do Sul) autorizou a instalação de um comitê de crise para acompanhar a evolução da pandemia de Covid-19. A portaria foi publicada na edição desta quarta-feira (6) do DOU (Diário Oficial da União).

O Comitê de Crise Distrital será formado por dez pessoas, todas elas membros do Dsei. Representantes das secretarias municipais e da SES (Secretaria de Estado de Saúde) podem participar, se convidados.

O grupo se reunirá diariamente, presencial ou por videoconferência. Semanalmente, o comitê se junta ao colegiado nacional criado pela Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena).

Segundo o Ministério da Saúde, 3.548 indígenas do Estado contraíram o novo coronavírus e 76 morreram. Outros 3.392 se recuperaram.

Jornal Midiamax